sexta-feira, 29 de março de 2013

Vida


Hoje completa tres semanas que a minha vida girou, girou e girou diante dos meus olhos e eu senti um medo imensurável... Essa publicação tem como objetivo registrar algo que agora faz parte da minha história de vida!
De madrugada eu estava voltando para casa, dirigindo o meu carro tranquilamente e em uma velocidade normal, sem uma gosta de álcool no meu organismo, quando ao cruzar o sinal verde de uma avenida um outro motorista (bêbado e em alta velocidade) avançou direto no sinal vermelho! Meu carro ficou destruído e apesar de eu não ter perdido a consciência, a lembrança de todos aqueles minutos até eu ser transportada para o hospital se resume a alguns flashes: o policial que estava em um carro ao lado do meu e foi o primeiro a chegar na minha janela, um senhor que se identificou como médico e queria saber se eu sentia as minhas pernas, uma moça loira que veio dizer para eu ficar tranquila que eu estava no verde quando cruzei... Foram verdadeiros anjos que me acalmaram e me ajudaram a permanecer forte apesar de tudo!
Fiz todos os exames no hospital, usei aquele colar cervical por horas até o diagnóstico de lesão ser descartado e chorei muito... de medo, de alívio, de tristeza, de gratidão...
No outro carro, infelizmente, a atitude irresponsável do motorista gerou consequências terríveis, pois havia um bebê de 7 meses que estava fora da cadeirinha e voou para fora do carro (quebrou as duas pernas) e a esposa dele que estava sem cinto de segurança ficou presa na janela e acabou falecendo alguns dias depois.
Curar meu emocional tem sido mais difícil do que o foi curar os machucados físicos... mas o sentimento de gratidão que me invadiu desde o momento em que eu percebi que estava VIVA é mais forte do que tudo e me sinto mais forte a cada dia...
Agradeço a todos os meus amigos e amigas que sabendo do ocorrido não exitaram em ligar, aparecer, me dar colo e uma ombro amigo!
E agradeço especialmente minhas duas queridas amigas que eu chamei ainda quando eu estava dentro do carro e em poucos minutos estavam lá! Sem palavras para expressar como a ajuda de vcs foi primordial naquele momento!

3 comentários:

Nayelin Fernandes disse...

Estou sempre lendo seu blog (o conheci através do "Cuspindo pro Alto") e me bateu um arrepio tão grande ao ler esse post que tive vontade de comentar pra, sei lá, passar energias positivas. Desejo que supere este acontecimento e que sua dor emocional, que sem dúvidas é maior que a física, seja amenizada. Enfim, te desejo boas energias para superar esse momento difícil.
Tudo de bom, viu?
Nayelin

***GrAzI disse...

Oi Nayelin! Obrigada pelo comentário e pode ter certeza que estou recebendo suas boas energias!!! Abração para vc!!! ;)

Nayelin disse...

:)